Banner-Blog.png

Blog
Nosso canal de notícias

Sistema para ajudar na organização das encomendas

Aumento do volume de encomendas faz portarias de condomínios residenciais virarem réplicas de centros de distribuição


Como todo o mercado já sabe, inúmeras lojas físicas tiveram que fechar por conta da pandemia do novo Coronavírus e, com isso, muitas pessoas recorreram às compras online.


Isso fez com que o e-commerce brasileiro registrasse um crescimento de 47% no primeiro semestre de 2020, maior alta em 20 anos, segundo dados da 42ª edição do Webshoppers.


Essa movimentação também gerou bastante discussão sobre os investimentos em transportes, logísticas e os grandes centros de distribuição.


Segundo dados da Lello Condomínios, a capital paulista conta com mais de 21 mil condomínios. E, a pergunta que fica é: como as portarias estão dando conta de tantas entregas que estão sendo feitas em 2020?



Para sanar essa dúvida, imagine um edifício residencial, com cerca de 250 apartamentos com a média de dois moradores em cada unidade. Apesar de parecer pouco, se apenas 10% dos condôminos realizar uma compra online por dia, a recepção do prédio irá processar cerca de 1,5 mil encomendas no mês, além das correspondências regulares. Tamanho esforço exige além de um espaço adequado para armazenagem e separação dessas encomendas, um controle preciso de recebimentos e retiradas.



A Pitney Bowes, empresa de tecnologia especializada em logística de encomendas e gestão postal, possui um sistema para resolver essa demanda dos condomínios, o One Tracking.


"Com um registro simplificado no recebimento das encomendas, facilidade de triagem, aviso de entrega por e-mail e assinatura eletrônica de protocolos, o sistema permite otimizar todo o trabalho de forma organizada e sem confusões nas entregas", afirma Tatiana Campos, Head de Tecnologia, Produtos e Serviços da Pitney Bowes.


Tatiana conta que quando o produto foi criado, ele foi pensado para ser utilizado em empresas e condomínios empresariais que já processavam altos volumes de correspondências e encomendas. Porém, com o home office e a alta demanda de compras online, o trabalho foi migrando para os condomínios residenciais. A Pitney Bowes adaptou a usabilidade do produto para a nova realidade que o país enfrentava.


"O sistema, que já é utilizado por inúmeros condomínios empresariais de várias capitais do país pode auxiliar nessa nova organização, auxiliando condôminos e administradores na triagem e gestão de entregas.", finaliza Tatiana.